A arte do autoconhecimento

Atualizado: 15 de mar.

Por Rodrigo Curty

Você se conhece? Faz algo para melhorar as suas habilidades? Realiza ou espera acontecer?


É muito comum vermos pessoas procrastinando a busca pelo objetivo, sonhos, realizações. É muito comum deixarmos de dar o próximo passo, seja por insegurança, seja por comodismo.


Uma dessas razões está relacionado a quem de fato somos. Sim, o autoconhecimento é fundamental em qualquer processo de capacitação.


A habilidade de se autoconhecer colabora para termos mais equilíbrio na vida, seja ela pessoal ou profissional. E quando isso não é feito, potencializa no ser humano as crenças limitantes, o que ocasiona em mais frustrações, falta de confiança e desenvolvimento de melhores hábitos.


O autoconhecimento é um desafio. É preciso se permitir para lidar melhor com as responsabilidades pessoais e profissionais. Essa capacitação se dá através de reflexões, iniciativas e força de vontade.


Confira aqui algumas dicas para colaborar com o autoconhecimento:


1 - Autocuidado:


Normalmente vivemos a vida com a mesma rotina ou seja, no piloto-automático. Isso é muito prejudicial, uma vez que "achamos" normal e sem saber nos desmotivamos e ficamos doentes, pelo simples "medo" de querer mudar, fazer algo fora do padrão diário.


Por isso, vale sim, dar uma variada na rotina, pegar um momento para relaxar, fazer algo que gosta muito e que não faz há algum tempo. Se permitir a entender porque levanta da cama todos os dias, e o que realmente deseja na sua vida.


Acredite, você vai se surpreender e aprenderá que é possível ser uma pessoa mais estimulada, feliz e energizada, afinal, terá novos hábitos.


A busca por uma melhor qualidade de vida, depende de cada um. Comece hoje mesmo a cuidar melhor de você e sinta a diferença.



2 - Diga Sim para você mesmo


Fale com sinceridade - você costuma dizer não para alguém? Pelo incrível que possa parecer, é comum fazermos coisas, dizer o sim sempre, pelo simples fato de ficarmos bem com os outros. Agora será que quem às vezes diz "não" é arrogante ou uma pessoa ruim? Claro que não.


Aqui vale refletir se o sim é dado por vontade própria ou obrigação por sempre ter tido esse padrão de comportamento. Avalie o que fará bem para você, antes de dar uma resposta. Dizer não pode ser algo que te fará uma pessoa mais equilibrada e mais dona de si.




3 - Seja mais tolerante


Esse é um desafio diário da humanidade. Diferença de gêneros, comportamentos, hábitos, crenças, histórias de vida e tantas outras coisas, resultam em péssimos relacionamentos.


Quando você presta atenção em você mesmo, fica mais fácil se colocar no lugar do outro. Aprende a respeitar para ser respeitado e que ninguém é o dono da verdade e sim de suas escolhas.


Ser tolerante com você mesmo é uma arte que deve ser trabalhada diariamente e um caminho para entender o próximo.




7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo